Fernando Augusto de Figueiredo nasceu em Pombal, Carrazeda de Ansiães, e reside, actualmente, em Mem Martins, Sintra.

É Doutor em História, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto; e investigador do Centro de Estudos Históricos (CEH) da Universidade Nova de Lisboa e do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL).

Obras publicadas: Pombal de Ansiães: A Terra e a Memória, Mem Martins, Edições Arrábida, 2004; Pombal de Ansiães: Outras Memórias, Edição do autor, 2009; Da Aurora ao Entardecer: Memórias do Seminário (Década de 1960), Óbidos, Sinapis, 2011; Timor: A Presença Portuguesa (1769-1945), Lisboa, Centro de Estudos Históricos da Universidade Nova de Lisboa, 2011 – Tese de Doutoramento; A Morte na Região de Lisboa nos Princípios do Século XX, Lisboa, Edições Arrábida/CEH/CEPESE, 2006 – Dissertação de Mestrado e Pombal de Ansiães – Entre o Rio Tua e o Planalto, 2016.

Participação nas Obras: Histórias dos Portugueses no Extremo Oriente; Nova História da Expansão Portuguesa; e Nova História de Portugal, todas sob a direcção de A. H. de Oliveira Marques e as duas últimas também de Joel Serrão. Tem colaborado também na revista Oriente e na Revista do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Obras publicadas na Âncora Editora

Pombal de Ansiães: Entre o Rio Tua e o Planalto

Carrazeda de Ansiães: Um Município do Douro - Estudo sobre o Concelho