António Pestana Garcia Pereira nasceu em Lisboa, em Novembro de 1952.
É casado e pai de 4 filhos.
Aderiu à Federação dos Estudantes Marxistas-Leninistas, a juventude do MRPP, em 1972 e fez parte até Outubro de 2015 do Comité Central do PCTP/MRPP, partido em nome do qual se candidatou a várias eleições.
Licenciado, mestre e doutor em Direito, é advogado desde 1977 e professor universitário desde 1975. Foi alvo de um processo disciplinar em 1973, na sequência da luta dos estudantes contra a repressão, e em 1986 foi afastado da Faculdade de Direito de Lisboa por razões políticas, tendo impugnado essa decisão e vencido a respectiva batalha judicial em 1998.
Actualmente, é professor auxiliar no Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa e lecciona ainda diversos módulos noutras universidades. Além de autor de diversas obras e artigos, tem sido ainda conferencista em inúmeros eventos da área do Direito, da Justiça e dos direitos, liberdades e garantias dos cidadãos.
Foi membro do Conselho Geral e Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados entre 1998 e 2000.
É Presidente honorário da APAR – Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso.
Em 2013 foi-lhe atribuído o prémio de "Excelência Política", pela Revista Mais Alentejo, e em 2018 foi distinguido com a Medalha de Honra da Ordem dos Advogados.