JOSÉ MIGUEL NORAS, Doutor em História pela Universidade de Lisboa, é Presidente do Conselho de Curadores da Associação Portuguesa dos Municípios com Centro Histórico.

Membro do Conselho Superior de Avaliação e Qualidade do Instituto Politécnico de Santarém, pertence à Academia de Letras e Artes de Portugal e à Associação Portuguesa de Escritores.
 
É Académico Honorário da Academia Portuguesa da História.

Foi deputado à Assembleia da República e Presidente da Câmara Municipal de Santarém (1992-2002).

Em virtude dos seus trabalhos no âmbito da salvaguarda do Património Cultural, foi condecorado, em 1997, pelo Presidente Jorge Sampaio, e, em 2002, pelo Presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso.

Da sua bibliografia, fazem parte as seguintes obras: Real de Beatriz batido em Santarém?, A note on the arenço as an unit of weigth, Heráldica do Município de Santarém (projecto e introdução da obra), A Remessa de Santarém e as moedas no tempo do Infante Santo, Santarém e o Magreb (ficha numismática de D. Afonso Henriques), As palavras mansas esmagam os ossos, A asa do meu orgulho duriense, Vozes do Ventre da Lua, Contributos dos municípios para a salvaguarda do património, Centros Históricos Portugueses – Associação, prémios e desafios, Sobre os sistemas monetários portugueses e o dinheiro de emergência de Almeida, Mais Património – Vida e alma por trás das pedras e Vão morrer meninos de cem anos. Possui trabalhos publicados nas seguintes antologias: José Saramago, 90 anos 90 palavras, José Saramago 90 años 90 palabras e Abril – 40 Anos.



Livros publicados na Âncora Editora:

Mais Património – Vida e Alma por Trás das Pedras

Vão morrer meninos de cem anos