Afonso de Melo trabalhou, colaborou e escreveu, a grosso ou a retalho, para a Soberania do Povo, Semanário, O Liberal, Século, O Jornal, A Bola, O Jogo, O Comércio do Porto, A Capital, Record Dez, Focus, Vida Mundial, Jornal de Letras, Atlântica, Privado, O Benfica, suplemento Fugas do Público. Foi correspondente em Portugal do France Football, do espanhol As e do jornal polaco Reczespospolita, bem como colaborador das revistas japonesas Soccer Hiyo e Sportiva2. Durante o Campeonato do Mundo de 2002, foi colunista do jornal Aajkaal, de Calcutá. Escreveu no jornal Sol durante o Euro 2008. Foi durante muitos anos fornecedor de matérias para a Grande Enciclopédia Portuguesa-Brasileira. Fez parte do Gabinete de Imprensa do Euro 2004, como Media Relations Manager, e assessor de Imprensa para a Selecção A de futebol durante o Euro 2004 e o Mundial 2006. Recentemente foi o director-editorial de Jornada. Colaborador da BenficaTV.

É autor dos livros Tantas Vezes Tu; Portugal em Calções; A Lenda de Jorge Bum!, com Ponto de Exclamação; Doping – A Triste Vida do Super-Homem; Cinco Escudos Azuis – A história da selecção nacional de futebol; Factos, Números e Nomes da Selecção Nacional de Futebol; Viagem em Redor do Planeta Eusébio; A Princesa-Que-Tinha-Uma-Luz-Por-Dentro; Não Morrerei em Buenos Aires; A Pátria Fomos Nós!; Benfica-Sporting/Sporting-Benfica – 100 anos; Sonata Para 5 Violinos; Sabiá na Gaiola; Apito Dourado – As Entranhas do Polvo; O Cão ao Contrário; O Duelo do Século; Eusébio Enciclopédia; A Terra é um Planeta onde Existe a Inglaterra; Se Mais Mundo Houvera; As Extraordinárias Aventuras de Áfrico Barthélémy d’Souza Três Minutos Depois de Ter Morrido; Os Alegres dias do País Triste; Uma Sombra Laranja-Tigre; 1966 - Homens com pressa.

Livros publicados na Âncora Editora:

Uma Sombra Laranja-Tigre

1966  Homens com pressa