A Câmara do Porto prestou hoje uma homenagem ao general Pires Veloso, um dos protagonistas do 25 de Novembro de 1975 que ficou conhecido como "vice-rei do Norte", inaugurando um busto do militar na praça da República.

Da autoria do escultor Rogério Azevedo, o busto é "uma homenagem à liberdade", afirmou o filho do general na cerimónia.

Também presente no local, o ministro da Defesa, José Pedro Aguiar Branco, afirmou aos jornalistas que esta homenagem "vai ao encontro de um grande general que teve um papel muito importante na democracia".

O ministro considerou que os valores defendidos pelo general devem ser retomados "na atividade cívica [como] na política".

Nascido em Gouveia, em 1926, Pires Veloso morreu aos 88 anos, em agosto do ano passado, no polo do Porto do Hospital das Forças Armadas.

Enquanto governador militar do Norte, Pires Veloso foi um dos principais intervenientes no contragolpe militar do 25 de novembro, que pôs fim ao "Verão Quente" de 1975.

Veja a notícia completa, aqui